EUA e China fazem críticas mútuas a respeito do Mar da China Meridional

Estados Unidos e China fizeram críticas mútuas a respeito de questões relacionadas ao Mar da China Meridional durante uma reunião do Conselho de Segurança das Nações Unidas realizada online.

Na segunda-feira, líderes e chanceleres de estados-membros da ONU participaram da reunião para discutir a segurança marítima.

Os participantes confirmaram que vão trabalhar juntos para lidar com atividades marítimas ilegais, incluindo o terrorismo. Concordaram também em fortalecer a cooperação para lidar com mudanças climáticas e desastres naturais como tsunami.

Referindo-se às questões relacionadas ao Mar da China Meridional, o secretário de Estado dos Estados Unidos Antony Blinken disse: “Vimos confrontos perigosos entre embarcações em alto-mar e provocações para reivindicações marítimas ilegais.”

Blinken estaria se referindo a ações de Pequim, que reivindica soberania sobre a maior parte do Mar da China Meridional.

Blinken advertiu que conflitos neste ou em outros mares teriam sérias consequências globais para a segurança e o comércio.

O vice-embaixador da China nas Nações Unidas, Dai Bing, deu uma resposta afiada ao comentário de Blinken, acusando os Estados Unidos de “enviar arbitrariamente navios e aviões militares avançados ao Mar da China Meridional como provocação”. Dai disse ainda que são os Estados Unidos que se tornaram a maior ameaça à paz e á estabilidade do Mar da China Meridional. *NHK

Categorias:Internacional, Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.