Biden sobre sanções a funcionários cubanos: Haverá mais, a menos que haja uma mudança

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, advertiu que seu governo poderia impor mais sanções econômicas aos funcionários do regime cubano, a menos que haja uma “mudança drástica” na política da ilha.

“Haverá mais, a menos que haja alguma mudança drástica em Cuba, o que não antecipo”, disse o presidente em reunião que teve na sexta-feira, 30 de julho, com um grupo de líderes cubano-americanos.

A ditadura comunista iniciada por Fidel Castro está no poder há mais de 60 anos. Em meio a uma aguda crise social e de saúde, ocorreu um surto social há três semanas. Centenas de cubanos nas ruas clamando por mudanças políticas. Essas manifestações foram duramente reprimidas pelas autoridades.

Anteriormente, o Ministério da Fazenda anunciou ações punitivas contra altos funcionários da Polícia Nacional Revolucionária (PNR), acusados ​​de reprimir as manifestações, bem como de realizar desaparecimentos e execuções extrajudiciais, como denunciaram os dissidentes cubanos. *AFP/NTN24

Categorias:Américas, Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.