Israel emite mais 16.000 autorizações de trabalho para palestinos

Israel anunciou na quarta-feira que vai emitir mais 16.000 autorizações para palestinos da Cisjordânia trabalharem em suas indústrias de construção e hotelaria .

“Israel pretende aumentar em 15.000 trabalhadores a cota de residentes palestinos da Judéia e Samaria (sul e norte da Cisjordânia) que trabalham na área de construção”, disse o Coordenador de Atividades Governamentais nos Territórios (COGAT).

Outras 1.000 licenças serão emitidas para palestinos que trabalham em hotéis israelenses, acrescentou o comunicado. 

As novas licenças trariam o número de palestinos autorizados a trabalhar em Israel para cerca de 106.000, com outros 30.000 palestinos autorizados a trabalhar em assentamentos judeus na Cisjordânia.

O anúncio ocorreu após discussões entre o ministro da Defesa israelense, Benny Gantz, e o presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas. 

O governo israelense deve aprová-lo na próxima semana, disse a fonte de segurança, acrescentando: “Queremos aplicá-lo o mais rápido possível. É do interesse de ambos os lados.”

O chefe do COGAT, Major General Rassan Alian, disse que as licenças de trabalho adicionais “fortalecerão as economias israelense e palestina e contribuirão amplamente para a estabilidade da segurança” nos territórios palestinos. *Israel Hayom

Categorias:Internacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.