Manifestantes franceses contra as restrições à saúde da Covid-19 entram em confronto com a polícia em Paris

A polícia antimotim francesa disparou gás lacrimogêneo no sábado (24), quando os confrontos eclodiram durante protestos no centro de Paris contra as restrições da COVID-19 e uma campanha de vacinação, informou a televisão

A polícia tentou repelir os manifestantes perto da estação ferroviária da capital, Gare Saint-Lazare, depois que os manifestantes derrubaram uma motocicleta da polícia conduzida por dois policiais, mostraram imagens de televisão.

Imagens mostram forte presença policial nas ruas da capital. As brigas entre a polícia e os manifestantes também eclodiram na avenida Champs-Elysees, onde gás lacrimogêneo foi disparado e o tráfego interrompido, mostram as fotos.

Em outro protesto convocado por políticos de extrema direita no oeste de Paris, manifestantes contrários às medidas anticoronavírus carregaram faixas com os dizeres “Acabem com a ditadura”.

Em toda a  França , protestos foram planejados em cidades como Marselha, Montpellier, Nantes e Toulouse.

Uma autoridade do Ministério do Interior da França disse que 161 mil pessoas se manifestaram em todo o país no sábado, ante 114 mil na semana anterior .

Os legisladores franceses devem votar neste fim de semana um projeto de lei elaborado pelo governo com o objetivo de estabelecer um passe de saúde e vacinação obrigatória para profissionais de saúde. *France24/REUTERS

Categorias:Europa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.