Diretor da cerimônia de abertura da Olimpíada de Tóquio é demitido após declarações antissemitas virem à tona

Os organizadores dos Jogos de Tóquio demitiram um dos diretores da cerimônia de abertura faltando apenas um dia para o evento. Eles afirmaram que Kobayashi Kentaro fez declarações antissemitas quando integrava uma dupla de comediantes na década de 1990.

A decisão foi tomada após uma organização judaica de direitos humanos ter apontado para as declarações de Kobayashi, que eram relacionadas com o Holocausto. Segundo o Centro Simon Wiesenthal, ninguém tem o direito de zombar das vítimas do genocídio nazista.

Na mesma declaração divulgada na quarta-feira, o rabino Abraham Cooper disse: “Qualquer vínculo desta pessoa com a Olimpíada de Tóquio seria um insulto à memória de seis milhões de judeus”.

A presidente do comitê organizador, Hashimoto Seiko, por sua vez, fez um pedido de desculpas devido ao mais recente escândalo que atingiu os Jogos. Kobayashi Kentaro também era um dos diretores da cerimônia de encerramento.

A medida se segue à decisão de não utilizar a música composta por Oyamada Keigo para a cerimônia de abertura. O músico e compositor foi duramente criticado por ter maltratado colegas de classe quando era estudante. *NHK

Categorias:Esporte, Internacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.