China sugere lançar dezenas de foguetes portadores para evitar colisão entre asteroide Bennu e Terra

O asteroide Bennu, uma rocha giratória de 492 metros de diâmetro, vai passar a 7,5 milhões de quilômetros da órbita da Terra entre 2175 e 2199.

A rocha espacial vai ser designada como potencialmente perigosa, uma vez que cientistas avaliam o risco de colisão com o nosso planeta como sendo 1 em 2.700.

Em um novo estudo, especialistas do Centro Nacional de Ciência Espacial da China propuseram lançar uma série de foguetes portadores para simular o desvio de um asteroide que ameace a Terra.

De acordo com o modelo chinês, o impacto simultâneo de 23.900 toneladas de foguetes Long March 5 (CZ-5) poderia desviar o Bennu em aproximadamente nove mil quilômetros, ou seja, 1,4 vezes o raio da Terra. Tal poderia significar a diferença entre o asteroide passar ou colidir com o planeta, com resultados catastróficos.

Seria precisa uma quantidade significativa de energia cinética para desviar um asteroide como o Bennu de sua trajetória original.

Embora uma explosão nuclear possam parecer ser a escolha lógica para tal missão, esta estratégia teria o risco de partir o alvo em diversos pedaços, que poderiam colidir com a Terra. *Informações Sputnik

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.