Almagro exigiu a libertação imediata de Javier Tarazona

Nesta sexta-feira (2), o Secretário-Geral da OEA, Luis Almagro, exigiu a libertação imediata de Javier Tarazona, de seus familiares e das autoridades da Fundaredes que estavam com o diretor-geral da ONG venezuelana no momento de sua prisão.

Almagro classificou a detenção de Tarazona como arbitrária e responsabilizou o regime venezuelano por seu bem-estar.

O diretor da organização não governamental (ONG) Fundaredes, e defensor do DD. H.H., Javier Tarazona, foi preso ao meio-dia desta sexta-feira junto com seu irmão Rafael Tarazona, além dos ativistas Omar de Dios García e Jhonny Romero.

O advogado de Fundaredes detalha que a detenção foi arbitrária e ocorreu quando os cidadãos saíram da sede do Ministério Público localizado no Coro. *Informações NTN24

Categorias:Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.