EUA enfrentam onda de calor histórica e pior seca em 20 anos

Os Estados Unidos atravessam uma seca histórica. Do Rio Grande às Montanhas Rochosas, quase a metade do país enfrenta a pior estiagem em 20 anos, de acordo com o Monitor de Secas dos EUA, um sistema de informação federal criado para acompanhar esse episódio climático. 

Já na primeira semana da estação mais quente do ano, a escassez de água e o risco de incêndios afetam 11 estados. Níveis alarmantes de reservatórios e temperaturas recordes indicam que essa pode se tornar a mais grave crise hídrica americana em gerações. 

A seca é definida como uma queda de umidade grave o suficiente para ter efeitos sociais, ambientais ou econômicos. Diferente de outras catástrofes climáticas, ela pode ter longa duração e é mais difícil de ser detectada. No entanto, há meses especialistas vêm alertando para a formação de condições para uma seca extrema no oeste americano. 

Nesse início de verão no hemisfério norte, os números são preocupantes. Pela terceira semana consecutiva, a classificação que vai de “seca extrema” a “seca excepcional”, considerado o estágio mais severo, bateu recorde na Costa do Pacífico, afetando quase 50% dessa região, de acordo com o Monitor de Secas (US Drought Monitor, em inglês). *Informações RFI

Categorias:Américas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.