Cerimônia relembra 76 anos da Batalha de Okinawa e homenageia vítimas

A população da província japonesa de Okinawa, no sul do país, relembra hoje uma das mais violentas batalhas da Segunda Guerra Mundial, ocorrida há 76 anos. O confronto entre o exército japonês e forças americanas nas ilhas da província foi encerrado em 23 de junho.

Na quarta-feira, autoridades realizaram uma cerimônia memorial na cidade de Itoman – local onde ocorreu o último grande combate da Batalha de Okinawa.

Exatamente ao meio-dia, pessoas observaram um minuto de silêncio em memória de familiares, parentes e amigos. Também rezaram pela paz mundial.

A Batalha de Okinawa eclodiu nos estágios finais da Segunda Guerra Mundial. O confronto entre forças lideradas pelos Estados Unidos e o exército japonês matou mais de 200 mil pessoas, entre soldados e civis.

Na cerimônia, o governador da província de Okinawa, Tamaki Denny, leu uma declaração de paz. Ele disse: “Vamos continuar a realizar esforços constantes para abolir armas nucleares, abandonar a guerra e estabelecer a paz permanente, com o objetivo de conectar o círculo da paz de Okinawa com o mundo”.

A cerimônia geralmente atrai milhares de participantes, mas teve sua escala reduzida este ano pela segunda vez consecutiva devido à pandemia do coronavírus. O evento contou com a participação de cerca de 30 pessoas. *NHK

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.