Sapato de couro de 2 mil anos descoberto em pântano alemão envolve enredo inacreditável

O sapato achado em um pântano teve o couro bem preservado pela lama, deixando sua estrutura e correia intactas. Restos de uma estrada da Idade do Bronze também foram encontrados, junto com um eixo de carroça quebrado.

Um sapato de couro que ficou perdido em um pântano por dois mil anos foi encontrado por arqueólogos que acreditam que ele pode ter escorregado do pé do proprietário quando este acidentalmente pisou na lama pegajosa. A peça foi descoberta na Baixa Áustria, ao lado de restos de uma estrada de madeira de mais de dois milênios.

A estrada é apenas uma coleção de tábuas de madeira desgastadas originalmente colocadas no pântano para as pessoas passarem com segurança. Restos de um eixo de carruagem quebrado também foram retirados do local, o que os pesquisadores dizem que pode encaixar bem com o fato de o proprietário ter perdido seu sapato anos atrás.

“O eixo de uma carroça de madeira, provavelmente puxada por gado, se partiu em dois e a carroça sofreu um acidente na estrada esburacada”, compartilhou a empresa de escavação denkmal3D de Vechta, Alemanha, em um comunicado.

Os pesquisadores envolvidos nas escavações acreditam que as condições ácidas do pântano onde o calçado foi encontrado permitem a preservação de materiais e até de corpos humanos. *Informações Sputnik

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.