Comitê organizador reduz o número de médicos e enfermeiros para os Jogos de Tóquio

O sistema médico-hospitalar do Japão continua sobrecarregado por conta da pandemia de coronavírus. Temores estão crescendo em relação à realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio, que terão início dentro de dois meses.

A presidente do comitê organizador do Japão, Hashimoto Seiko, disse que reduziu em 30%, ou para cerca de sete mil, o número de médicos e enfermeiros necessários para os Jogos.

Na sexta-feira, Hashimoto falou com repórteres após o encerramento de uma reunião de três dias com o Comitê Olímpico Internacional e outras entidades. Ela afirmou que o Japão planeja garantir até aproximadamente 230 médicos e 310 enfermeiros por dia durante os Jogos.

Ela disse também que o comitê estima que conseguiu assegurar cerca de 80% desse total por meio de negociações. *NHK

Categorias:Esporte, Internacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.