O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, segue na liderança

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, segue na liderança

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, segue na liderança folgada do segundo turno da eleição presidencial com 59 por cento dos votos válidos, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira, que apontou o petista Fernando Haddad com 41 por cento dos votos válidos.

Pesquisa do instituto divulgada na quarta-feira da semana passada mostrou Bolsonaro com 58 por cento dos votos válidos, contra 42 por cento de Haddad.

A margem de erro da pesquisa, encomendada pelo jornal Folha de S.Paulo e pela TV Globo, é de 2 pontos percentuais.

Ainda de acordo com a pesquisa, Bolsonaro aparece com 50 por cento pelo critério dos votos totais, enquanto Haddad soma 35 por cento. Votos brancos e nulos somam 10 por cento e o percentual dos que não souberam ou não responderam é de 5 por cento.

Na pesquisa da semana passada, Bolsonaro tinha 49 por cento dos votos válidos, enquanto Haddad tinha 36 por cento.

Segundo o levantamento divulgado nesta quinta, não votariam de jeito nenhum no candidato do PSL 41 por cento dos entrevistados e no presidenciável do PT, 54 por cento.

A sondagem trouxe também dados sobre a decisão do voto. Entre os que declararam voto em Bolsonaro, 95 por cento disseram estar totalmente decididos, enquanto 5 por cento admitiram que ainda podem mudar seu voto.

Já em relação a Haddad, a certeza do voto está em 89 por cento, com 10 por cento afirmando que podem ainda mudar.

O Datafolha ouviu 9.137 pessoas entre os dias 17 e 18.

Fontes: Reuters

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: